Use os campos abaixo para refinar sua pesquisa:

Blog GSP


Construção e Arquitetura
11 de Abril de 2018
Como identificar cupins em casa?
« Outras notícias

Eles destroem tudo o que veem pela frente. E se engana quem pensa que os cupins apenas atacam a madeira: o cimento e o concreto também estão no cardápio desses bichinhos nada bem-vindos. O período entre a primavera e o verão é conhecido por muitos casos de aparecimento de cupins, com direto a grandes revoadas nos finais de tarde.

 

Como eles aparecem

 

Infelizmente, quando os primeiros insetos são avistados, é sinal de que eles já estavam lá por algum tempo. O cupim, assim como as formigas, nasce de pequenos ovos. Após passarem pela fase de larvas, criam pequenas asas e se assemelham a mosquitos comuns, que são atraídos pela luz. Depois disso, já adultos, passam a consumir e atacar estruturas em madeira, cimento e concreto, normalmente de baixo para cima.

 

Onde eles costumam atacar

 

Os cupins vêm do chão. Ou seja, debaixo de sua casa pode haver uma verdadeira colônia deles, e a infestação é eminente. Preste atenção especial aos batentes de portas e janelas, além de cantos da casa que podem ser afetados por umidade. Esses insetos podem usar as tubulações de energia de sua residência para se locomover mais rapidamente, então fique atento à caixa de luz e procure por desagradáveis rastros, como minúsculas fezes.

 

Encontre-os e os elimine

 

Uma boa dica é dar pequenas pancadas em móveis de madeira para checar se deles caem essas pequenas fezes e também pó de madeira. Caso isso aconteça, é sinal que eles passaram por ali ou ainda estão atacando. Procure também por pequenos buracos redondos pelos móveis e paredes da casa, que são as saídas dos inúmeros túneis que os insetos constroem para se locomover. Ao se deparar com os cupins, aplique veneno específico e, caso identifique uma infestação, chame um exterminador profissional, com equipamento adequado.

 

Épocas em que os cupins mais aparecem

 

Os períodos típicos de maior infestação incluem a primavera e o outono, ou após a primeira chuva em áreas que possuam longas estações mais secas.